MÃE E FILHA DE 13 ANOS SÃO VIOLENTADAS DURANTE ASSALTO EM SABARÁ

Oito pessoas viveram uma madrugada de terror permeada por sequestro, crueldade e estupro em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, neste sábado.
Bandidos armados com revólveres e facões fizeram uma espécie de “arrastão” humano, ao passar por quatro casas agredindo os moradores e fazendo reféns – quatro homens e quatro mulheres. Não bastasse tudo isso, violentaram mãe e filha (uma menina de 13 anos) e roubaram carros e objetos. Eram 4h quando a Polícia Militar foi chamada para comparecer à Avenida A, no Bairro Fazenda dos Coqueiros. A primeira vítima, uma mulher, informou que cinco homens armados foram até a janela dela e a renderam, a obrigando a abrir a porta. Os bandidos também pegaram o filho dela como refém e começou a agredi-la com as costas do facão, sempre perguntando sobre o paradeiro de uma arma calibre 12. De acordo com o boletim de ocorrência, os dois foram levados para uma segunda casa nas proximidades, onde um segundo homem também foi feito refém, agredido e submetido à mesma pergunta, junto com a esposa dele. Os quatro foram obrigados a irem até um terceiro imóvel, onde os criminosos renderam um homem, a mãe de 35 anos e a filha dela. Também foi feito refém um vigia que trabalhava num alojamento no local, abordado com arma na cabeça. De lá, todos foram levados para uma quarta casa, onde fizeram a última vítima. As testemunhas informaram que dois bandidos levaram a menina de 13 anos para fora do imóvel e a obrigaram a praticar sexo oral. Ao chegar à casa, todos os homens estavam amarrados com fita adesiva. Ao fugirem, os bandidos amarraram as mulheres com cadarços.
A mãe da garota foi levada como refém num dos veículos e deixada no Bairro São Gabriel, na Região Nordeste de BH. Ela relatou à polícia que também foi estuprada.
O crime teria começado no quintal da casa e se manteve durante todo o trajeto até BH. Mãe e filha foram levadas ao Hospital Odilon Behrens.
Os bandidos roubaram ainda pertences e carros das vítimas.
Na busca pelos criminosos, a PM encontrou uma moto usada por eles.
Das pessoas envolvidas, duas não foram relacionadas no boletim de ocorrência como vítimas.
Todos foram agredidos com facão e questionados sobre a arma.
Nos depimentos dados à PM, não há informações sobre a origem do revólver calibre 12.
A ocorrência foi encerrada na delegacia de Sabará.

VEJA A NOTICIA NO SITE “ESTADO DE MINAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s