ESTELIONATÁRIA DE 33 ANOS QUE SE APRESENTAVA COMO POLICIAL FOI PRESA. ELA JÁ TERIA APLICADO GOLPES COM DINHEIRO FALSO EM CAETÉ.


Uma estelionatária de 33 anos, que vivia apenas de aplicar golpes em comércios de Belo Horizonte, Lagoa Santa e Caeté, na Região Metropolitana, foi presa nesta semana pela Polícia Civil. A mulher, conforme apontaram as investigações, se dizia policial civil para intimidar as vítimas.

Na casa dela, no bairro Minascaixa, na região de Venda Nova, em BH, foram apreendidos um boné e duas camisas da Polícia Civil, além de uma arma, dois simulacros de arma de uso restrito, um carregador, um dispositivo de choque, um veículo, R$ 3.640 em cédulas falsas e R$ 2,3 mil em dinheiro.

A golpista foi descoberta após denúncia anônima feita por meio do 181. “É uma pessoa conhecida no meio policial e cometia vários crimes. Foi apurado que ela não possui uma atividade lícita, vivia de aplicar golpes, é uma estelionatária contumaz. Agia nos comércios, fazia compras e passava moedas falsas, recebendo troco em notas verdadeiras e auferindo lucro com isso”, explicou o delegado-geral Wagner Sales, chefe do 1º Departamento.

De acordo com o investigador, quando a mulher tinha dificuldade no golpe, ela se identificava como policial civil. A estelionatária foi presa na noite de quarta-feira (24) e autuada em flagrante por falsificação de documento público, posse ilegal de arma e falsificação de moeda. Agora, a polícia vai investigar se a mulher agia sozinha ou com comparsas.


VEJA A NOTICIA NO SITE > HOJE EM DIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s