INFORME EPIDEMIOLÓGICO DO CORONAVÍRUS EM MINAS GERAIS 08/JUNHO/2020

BOLETIM DIVULGADO PELA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE APRESENTA UMA DIFERENÇA EM RELAÇÃO AOS NÚMEROS DE CASOS CONFIRMADOS DIVULGADOS PELO MUNICÍPIO DE CAETÉ

Conforme divulgação da Prefeitura Municipal nas redes sociais a “discrepância entre os dados muncipal e estadual” teria ocorrido em função de “uma duplicidade de informação”.

A prefeitura informou ainda que  “O boletim divulgado hoje pela Secretaria de Estado de Saúde informa 17 casos confirmados em Caeté. Porém, este dado se refere a uma paciente que foi incluída por duas vezes nos levantamentos do estado. A Secretaria Municipal de Saúde já os informou e recebeu o retorno de que no próximo boletim esta informação já estará corrigida. Portanto, reiteramos que, desde sexta-feira, 05, não há registros de novos casos confirmados em Caeté.”

ESTADO DE MINAS GERAIS

De acordo com o Informe Epidemiológico do coronavírus desta segunda-feira (8 de junho de 2020), até o momento, foram notificados 15.883 casos confirmados de infecção humana pela Covid-19, em Minas Gerais, com registro oficial de 380 mortes. Estão em acompanhamento 8.646 casos e 6.857 casos foram recuperados.

Sobre casos suspeitos: Conforme nova definição preconizada pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES), os casos anteriormente definidos como “suspeitos” passam a ser registrados nos sistemas oficiais de notificação como Síndrome Gripal Inespecífica, por não preencherem, em sua integralidade, critério para investigação laboratorial. Esses casos permanecerão sob acompanhamento das vigilâncias epidemiológicas estadual e municipal, mas deixam de ser tratados como casos suspeitos de Covid-19 e passam a ser síndromes respiratórias de interesse à saúde.

Sobre óbitos suspeitos: Neste momento, será priorizada a divulgação de indicadores que melhor traduzam a dinâmica da doença no Estado, como óbitos e casos confirmados (a exemplo do que já é feito pelo Ministério da Saúde). Entende-se que essas são as principais variáveis para acompanhar a evolução da doença, predizer a curva de casos e direcionar ações assistenciais. Todos os indicadores anteriormente divulgados permanecerão, no entanto, sendo monitorados pela SES/MG.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s