PROCISSÃO NOTURNA NA SERRA DA PIEDADE

TRADIÇÃO SERÁ REVIVIDA EM CAETÉ-MG

Festa da Apresentação do Senhor contará ainda com com missa celebrada no santuário da padroeira de Minas e homenagem aos mortos na pandemia de COVID-19

Após muitos anos sem celebrações noturnas, o Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade terá programação especial para a Festa da Apresentação do Senhor, tradicionalmente celebrada pela Igreja Católica nessa data.

Segundo a Arquidiocese de BH, haverá missa solene (às 19h) na menor basílica do mundo, a Ermida da Padroeira de Minas Gerais, seguida de procissão luminosa. Um grupo de aproximadamente 25 peregrinos, com velas, vai caminhar pelo alto do maciço, revivendo antiga tradição cristã, que atravessa gerações. Após a procissão, o celebrante presidirá a bênção das velas.

A cerimônia será também pelas vítimas da pandemia do novo coronavírus e pela imunização dos brasileiros, com organização da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), presidida pelo arcebispo metropolitano de BH, dom Walmor Oliveira de Azevedo. No dia 2, ele vai celebrar missa na Serra da Piedade pela manhã. Preces serão especialmente dedicadas às cidades da Região Norte do país.

Segundo os padres, a procissão no Santuário Basílica da Padroeira de Minas Gerais, que guarda a imagem de Nossa Senhora da Piedade esculpida por Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho (1738-1814), “promete encantar os peregrinos, pois será vivida no contexto paisagístico, histórico, cultural e natural da Serra da Piedade”.

Protocolos

A missa e a procissão vão seguir os protocolos de segurança para evitar a disseminação da COVID-19. Por isso, os fiéis devem agendar a participação. A programação será transmitida pelas redes sociais do Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade.

Para visitar o santuário da Serra da Piedade, é preciso fazer agendamento pelo telefone (31) 3319-6111 ou por meio do site. E mais: usar máscara e ter a temperatura aferida logo na portaria – as pessoas com febre não poderão ingressar no local. Dentro dos protocolos determinados pelo Ministério da Saúde, haverá álcool em gel disponível. A visita não é recomendada a pessoas do grupo de risco. Conforme normas da Arquidiocese de BH, o visitante precisa acompanhar o guia durante todo o passeio e seguir suas recomendações. O santuário tem como reitor o padre Wagner Calegário de Souza, e pró-reitor, padre Felipe Carvalho de Macêdo.

ATENÇÃO

»  Obrigatório o uso de máscara

»  Haverá medição da temperatura na entrada do santuário

»  Pessoas com febre (temperatura acima de 37,7°C) não poderão entrar

»  Haverá álcool em gel disponível para ser usado antes, durante e após a visita

»  A visita não é recomendada para pessoas do grupo de risco

»  Necessário acompanhar o guia durante toda a visita e seguir suas recomendações

»  Só será permitida a entrada de pessoas cadastradas previamente

VEJA A NOTICIA NO SITE ESTADO DE MINAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s