UM CAUBÓI CRIMINOSO ASSUSTA MORADORES DO BAIRRO CASTELO EM BELO HORIZONTE

Homem  invadiu dois prédios

Chapéu de caubói na cabeça, capacete no braço, máscara e uma jaqueta, aparentemente, de couro. Com esses trajes, um homem invadiu ao menos dois prédios e vem assustando moradores do bairro Castelo, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Em conversa com a reportagem de O TEMPO, nesta quarta-feira (7), síndicos contaram como foram as ações do suspeito, que foi flagrado por câmeras de segurança, mas ainda não foi identificado.

Os casos aconteceram na última segunda-feira (5), sendo o primeiro alvo um prédio na rua Castelo de Óbidos. “Por volta das 3h28, ele desceu a rua a pé, estava com um capacete no braço e um chapéu estilo caubói, olhou pelo portão da garagem para ver se tinha algo que o interessava e depois ele se dirigiu para o portão de pedestre, onde conseguiu abri-lo. O alarme disparou e ele saiu correndo”, explicou a síndica Flávia Rocha Marcatti.

Segundo ela, o homem não teve acesso ao interior do prédio, que tem sete apartamentos. Ao amanhecer, um dos moradores saiu, encontrou o portão aberto e a ação foi descoberta quando puxaram as imagens das câmeras.

A 270 metros dali, o caubói foi para o segundo prédio, na rua Castela da Beira. Nas imagens do vídeo é possível ver o suspeito andando tranquilamente pela rua às 3h41.

Ele vai até o portão social, aguarda como se estivesse olhando se alguém pudesse aparecer e, em menos de um minuto, entra no prédio. Nas duas ações, os portões não foram danificados e os moradores acreditam que o homem tenha usado uma chave mixa.

“Eu estava fora do prédio e tive um morador que me mandou uma mensagem falando que o alarme do portão estava disparado. Ele achou que algum outro morador tivesse passado e deixado o portão aberto. Logo em seguida verifiquei pelas câmaras o que poderia ter acontecido e vi o homem adentrando a unidade. Ele não conseguiu êxito porque o alarme disparou, por algum meio – uma chave mixa ou outra ferramenta, ele acessou o portão principal”, explicou o síndico Vanderson Burgos Orlando. No prédio são 63 apartamentos.

De acordo com ele, nada foi levado. Ao sair, o criminoso deixou o portão aberto e saiu tranquilamente a pé. Em nenhuma das imagens foi possível verificar se o homem estava de motocicleta, uma vez que segurava um capacete.

Nos dois casos, nenhum morador registrou boletim de ocorrência ainda. A Polícia Militar foi informada posteriormente dos fatos, fez rastreamento, mas o homem ainda não foi localizado.

Vídeos foram encaminhados ao setor de inteligência da Polícia Militar

Moradores do bairro Castelo repassaram os vídeos dos casos aos militares da 8ª Companhia do 34º Batalhão de Polícia Militar. As imagens foram encaminhadas ao setor de inteligência da corporação.

“O setor de inteligência está trabalhando para identificar o autor. A identificação fica mais difícil porque ele estava de máscara e chapéu. Desse homem foi a primeira ação que chegou ao nosso conhecimento”, explicou o tenente João Paulo Vieira, comandante do setor Castelo, que atende, além do bairro, a área do Manacás e Alípio de Melo.

Ainda conforme o militar, as equipes fazem constantemente o patrulhamento em todas as áreas. “Temos o nosso patrulhamento noturno que abrange toda a área. Fizemos contato com as vítimas, passamos dicas aos condôminos e temos os cadastros nas nossas redes de proteção. Nas redes passamos dicas diárias e fazemos os acompanhamentos”, detalhou o tenente.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que “com os dados informados não foi localizada nenhuma ocorrência. A Polícia Civil orienta que caso algum cidadão for lesado por esse tipo de ação procure uma delegacia e faça o registro de ocorrência para o início da investigação”.

Casos foram divulgados em rede de vizinhos

Os episódios envolvendo o suspeito foram divulgados em grupos de moradores do bairro Castelo. O presidente da Associação dos Moradores do bairro Castelo, Edmilson Geraldo dos Santos , afirmou que os moradores estão atentos.

“A polícia e os moradores estão ativos. Temos uma rede de vizinhos, uma integração com a Polícia Militar, via WhatsApp, onde são separados por setores: comercial e de moradores. A ideia é, como uma notícia dessa, colocar as pessoas mais vigilantes, sendo o ‘olho vivo’ dentro do bairro. Tivemos um período muito ruim entre 2010 e 2014, quando praticavam sequestros, roubos e furtos com muita facilidade. Mas tivemos melhorias na segurança. Atuamos muito na prevenção”, afirmou.

Denuncie:

Caso tenha alguma informação que possa levar ao paradeiro do “caubói criminoso”, o denunciante pode informar à polícia através dos telefones 190 e 181. Não precisa se identificar.

Veja dicas da Polícia Militar para evitar crimes em residências:

Distribua aparatos que façam barulho quando as portas e janelas forem forçadas

Procure conhecer seus vizinhos e combine com eles medidas de auxílio mútuo. A solidariedade é importante nos momentos de perigo. 

Acostume-se a trancar sempre portas e portões de acesso à sua casa. Não os deixe abertos inutilmente, ainda que por poucos momentos

Esteja alerta à presença de suspeitos nas imediações de sua casa, nos momentos de sua chegada ou na hora de sua saída

Se instalar alarmes sonoros ou luminosos, deverá testá-los periodicamente para sua melhor segurança  

Tenha sempre o telefone de emergência da polícia, o 190

Participe da Rede de Vizinhos Protegidos, informe-se na unidade militar mais próxima à sua residência. Trata-se de uma parceria da PM com a comunidade. Os próprios vizinhos funcionam como “câmeras vivas”. Eles adotam estratégias de prevenção e são orientados pela Polícia Militar, protegendo-se mutuamente e interagindo de forma solidária, além de repassar informações à polícia

VEJA A NOTICIA NO SITE OTEMPO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s