ESTUPRO EM TAQUARUÇU DE MINAS

Três irmãos são suspeitos de estuprar mulher com transtornos mentais

Vítima afirma que era dopada antes de ser levada para a cama pelos irmãos. Suspeitos foram conduzidos à delegacia para prestar depoimento.

Três irmãos são suspeitos de estuprar a irmã com transtornos mentais, de 27 anos, em Taquaraçu de Minas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Eles foram conduzidos à delegacia de plantão em Caeté, na madrugada desta terça-feira (17), para prestar depoimento.

Segundo a Polícia Militar (PM), os militares foram chamados por uma vizinha, que afirmou ter ido até a casa da mulher para fazer uma oração. Ao se preparar para ir embora, a vítima pediu para acompanhá-la e contou que sofria abusos sexuais do irmão mais velho, de 28 anos, há aproximadamente 50 dias.

Ainda de acordo com a testemunha, a mulher, de 27 anos, tem transtornos mentais e faz uso de remédio controlado. Ela também relatou que era dopada antes de ir para a cama

Vítima de 27 anos relatou a uma vizinha que era dopada com remédios e em seguida obrigada a fazer sexo com os rapazes

A Polícia Militar esteve na casa da vítima, após ela relatar os abusos a uma vizinha que teria ido ao local para fazer uma oração com ela.

A vizinha contou que após rezarem, a mulher pediu para ir até a casa dela. Na residência, ela contou que estava passando por abusos em casa, desde que o irmão mais velho voltou a morar com ela, há cerca de 50 dias.

O boletim de ocorrência dá conta de que após o relato da vizinha, os militares conversaram com a vítima, que confirmou passar por abusos sexuais. Ela relatou que os irmãos a dopavam com remédios, antes de cometerem o crime.

A mulher afirmou, que no último domingo (15), o irmão mais novo, o adolescente de 16 anos, se aproveitou que ela estava deitada na cama sob efeito de remédios para abusar dela sexualmente. A mesma situação teria ocorrido nesta segunda-feira (16), porém o autor teria sido o irmão de 18 anos.

Em conversa com os policiais, a vítima alegou que outros dois irmãos, de 18 e 16 anos, também praticavam atos sexuais sem o consentimento dela.

Os abusos mais recentes teriam acontecido no domingo (15) à noite, pelo irmão de 18 anos, e na segunda-feira (16) de manhã, pelo menor de idade, enquanto ela estava sob efeito de remédios.

Aos militares, os suspeitos confirmaram que mantiveram relações sexuais com a irmã, mas disseram ser com consentimento, e negaram uso de violência ou ameaças.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, os três irmãos confessaram ter feito sexo com a irmã, mas disseram que tudo ocorreu com o consentimento dela. A mulher foi levada para receber atendimento médico no Hospital Odilon Behrens, em Belo Horizonte.

A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Caeté, na região metropolitana

A Polícia Civil ainda não respondeu sobre o andamento do caso.

VEJA A NOTICIA NO SITE OTEMPO e SANTAMARIENSE

VEJA TAMBÉM:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s