MINERAÇÃO NA SERRA DA PIEDADE

Copam nega recurso da Arquidiocese de BH e mantém licenciamento para mineração na Serra da Piedade

Em votação realizada nesta quarta-feira (25), 14 conselheiros votaram a favor do indeferimento do recurso. Arquidiocese diz que “trata-se de uma irresponsável e cruel agressão a todo conjunto ambiental”.

Por Rafaela Mansur, G1 Minas — Belo Horizonte

O Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam) decidiu pelo indeferimento do recurso apresentado pela Arquidiocese de Belo Horizonte contra o licenciamento ambiental concedido à AVG, em 2019, que permitiu a retomada da mineração na Serra da Piedade, em Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Em votação realizada nesta quarta-feira (25), 14 conselheiros votaram a favor do indeferimento do recurso da Arquidiocese, seguindo o parecer da Superintendência Regional de Meio Ambiente Central Metropolitana (Supram), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

Entre os votos favoráveis, estão os dos representantes da Secretaria de Estado de Governo (Segov), da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), da Associação Mineira de Municípios (AMM), da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram).

Apenas dois se posicionaram contra o indeferimento do recurso, o promotor de Justiça Felipe Faria de Oliveira, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), e a representante da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda), Ligia Vial Vasconcelos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s