FINAL FELIZ PARA SIMBA

Cãozinho que nasceu sem as patas traseiras ganhou prótese

Após cirurgia para colocação de prótese, Simba está fazendo fisioterapia e se acostumando com a nova vida

Os amantes e defensores dos animais da cidade estão comemorando a primeira cirurgia de prótese animal realizada no município pelo Instituto Municipal do Ambiente (Imaar) através do Departamento de Bem-Estar Animal. O cãozinho Simba, de aproximadamente dois anos e sem raça definida, foi o escolhido para receber uma prótese das duas patas traseiras.

A confecção da endoprótese foi feita por uma empresa especializada e tudo foi medido milimetricamente. A prótese foi colocada por um cirurgião ortopedista de uma das clínicas contratadas para o trabalho. Ainda será avaliada a necessidade de uma segunda prótese para Simba.

A confecção da protese (endoprótese) foi feita especialmente para o animal por uma empresa especializada. Tudo foi medido milimetricamente. A protese foi colocada por um cirurgião ortopedista de uma das clínicas contratadas pela licitação. Ainda será avaliada a necessidade e possibilidade de uma segunda prótese.

A história de Simba não foi fácil. Achado há dois anos, recém-nascido, próximo a uma lata de lixo na Banqueta, ele mal conseguia abrir os olhinhos e já não tinha as duas patas, por conta de algum tipo de lesão. O filhote estava cheio de miíase (larva de mosca) quando foi encontrado. O cãozinho foi acolhido por um lar temporário que cuidou dele. Ele também passou por cuidados do Departamento de Bem-Estar Animal assim que foi achado e, de lá para cá, tem recebido apoio do setor. A cirurgia só foi feita agora porque era preciso esperar o cão atingir seu máximo crescimento ósseo.

Simba está aprendendo a ficar de pé. Como ele nunca teve patas traseiras, é preciso toda uma readaptação de sua postura corporal. Agora ele está se recuperando com uma protetora que sempre cuidou dele com muito amor e carinho e que permanecerá com o animal.

O Departamento de Bem-Estar Animal realiza serviços como atendimento emergencial para animais de rua, castração de cães e gatos e fiscalização de maus-tratos. O contato do setor é pelo telefone 24 3377-4527 ou pelo e-mail bemestaranimal@angra.rj.gov.br. Cabe ressaltar que o atendimento emergencial realizado pelo departamento é apenas para animais de rua. No caso de animais domiciliados, a lei municipal 3.771/18 determina que a obrigação de providenciar atendimento médico-veterinário é do próprio tutor.

VEJA  NOTICIA NO SITE ODIA e ANGRARJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s